Home > Dicas > 5 toques para mandar bem na entrevista por vídeo

5 toques para mandar bem na entrevista por vídeo

Cuidado: recurso online não diminui em nada a formalidade da conversa

A tecnologia pode ser uma aliada e tanto na vida de candidatos e recrutadores que estão fisicamente distantes e precisam conversar frente a frente em determinada etapa do processo seletivo. É por isso que a entrevista por vídeo está se tornando cada vez mais comum. O recurso online, no entanto, não diminui em nada a formalidade da conversa. Confira a seguir as dicas de Hugo Capobianco, diretor da Mariaca Career Star Group.

O que fazer na entrevista por vídeo

  1. Vista-se adequadamente, inclusive da cintura para baixo. “A entrevista online é tão formal quanto a presencial, por isso o candidato deve ter o mesmo cuidado que teria se fosse até o escritório do entrevistador”, diz Capobianco. Se você usaria terno na entrevista tradicional, tem de se preparar da mesma forma para se mostrar na webcam. Para as mulheres, vale o mesmo, tanto para a roupa quanto para a maquiagem e o cuidado com unhas e cabelos. Nem sempre a webcam mostra apenas o que você espera que ela mostre. “Já aconteceu de, no meio de uma entrevista com um executivo, sem querer a câmera balançar e mostrar que usava camisa e gravata da cintura para cima e uma bermuda da cintura para baixo”, conta o diretor.
  2. Confira o equipamento e a conexão com antecedência. Antes da hora H, verifique se o microfone está funcionando, se o que você diz pode ser compreendido sem interferências, se a imagem está ok e se a webcam está de fato focada em você. “Claro que pode haver imprevistos, mas é preciso minimizar as chances de isso ocorrer porque uma entrevista em que a conexão fica falhando causa muito cansaço para ambas as partes”, explica.
  3. Escolha um lugar apropriado. “O ideal é escolher um local silencioso, adequadamente iluminado, com fundo branco, em que você não seja interrompido e possa se concentrar no que estará fazendo.” Ele conta, por exemplo, que já fez entrevistas em que o candidato tinha ao fundo uma estante cheia de bichinhos de pelúcia, em que o cachorro do vizinho não parava de latir e até em que o candidato estava em um café com muita gente em volta passando e fazendo barulho. “Tudo isso pode atrapalhar a avaliação porque tanto o entrevistado quanto o entrevistador acabam tendo de empenhar muito mais energia para focar no que de fato interessa”, diz ele. Daí para perder o interesse pela conversa é um pulo.
  4. Faça sua lição de casa. Acredite: não é porque a entrevista é pela internet que você pode se preparar menos para ela. “Quando você sabe para qual empresa é a seleção, prepare-se com antecedência, busque todas as informações que puder sobre ela, entenda o seu segmento, sua posição em relação à concorrência, leia o que foi publicado sobre ela na imprensa”, recomenda Capobianco.
  5. Cuide do seu marketing pessoal. Tanto quanto na entrevista presencial, o recrutador espera que você fale sobre suas competências e seus principais resultados. Tenha isso na ponta da língua. Ele espera também ver garra e brilho nos olhos, mesmo que através da webcam. Portanto, não poupe esforços e procure agir como se estivesse de fato frente a frente com o interlocutor. “No final da conversa, também é importante agradecer e se colocar à disposição”, ressalta.

Cadastre seu currículo no VAGAS.com.br e aproveite inúmeras oportunidades de emprego. Se você já tem um cadastro, atualize-o aqui.